Hacked by BlackDevils

21 de junho de 2010

Arquivado em: Prouni, Prouni 2010, Resultado Prouni, Resultados — admin @ 10:12

O Resultado do Prouni que irá listar os candidatos que conseguiram as bolsas em universidades privadas será disponibilizado no dia 21/06.

Os alunos que tiverem a felicidade de serem pré-selecionados deverão confirmar os dados e apresentar os documentos solicitados na Universidade do dia 22/06 até o dia 02/07.

Todas as vagas que não forem preenchidas, por qualquer motivo, serão disponibilizadas na Segunda Chamada Prouni.

19 de junho de 2010

Prouni: data limite para inscrição.

Hoje, 19/06,  termina o prazo para quem desjea fazer inscrição para obter uma bolsa de estudos pelo  Prouni 2010/2.

Os interessados precisarão efetuar as inscrições impreterivelmente até às 23:59 horas  de hoje.

As probalidades de conseguir uma bolsa estão maiores. Agora acontecerão 6 (seis) chamadas para o Prouni, e as inscrições, que só poderão ser feitas, no máximo até hoje, serão utilizadas  para todas as seis etapas. Sua  inscrição só precisará  ser feita  apenas uma única vez.

Para efetuar sua inscrição e concorrer a uma bolsa do Prouni, é muito simples: Basta acessar o Sistema Seletivo Prouni, e se cadastrar!

Ainda restaram dúvidas? Veja aqui como se inscrever no Prouni!

13 de fevereiro de 2010

Prouni 2010 já tem os pré-selecionados – Resultado

Fique ligado(a). O Resultado do Prouni já foi divulgado.

Os pré-selecionados para as 165.000 vagas em todas as universidades e faculdades que participaram do programa já está disponível para consulta.

Para conferir o Resultado Prouni 2010, basta acessar o Site do Mec e preencher os campos solicitados.

Caso você não tenha sido pré-selecionado, poderá ainda tentar uma vaga na segunda etapa de inscrições do Prouni.

11 de fevereiro de 2010

Prouni 2010 e a nota de corte

O MEC ainda não divulgou o resultado final do Prouni 2010, mas candidatos podem ter uma idéia consultando a nota de corte.

A lista de pré-selecionados do Prouni 2010 ainda não foi divulgada (Só será no dia 13 de Fevereiro) mas os candidatos podem ter uma idéia de sua situação dando uma olhada na nota de corte.

Veja as notas de corte das faculdades que você escolheu:

Caso a nota de corte seja menor do que a sua média (Aquela que foi mostrada quando você fez a sua inscrição) você possui boas chances de conseguir a bolsa.

Para dar uma olhada nas notas de corte de todos os cursos e Universidades que participam do Prouni, acesse o Sistema Prouni.

8 de fevereiro de 2010

Inscrições Prouni 2010

As inscrições para o Prouni – Programa Universidade para todos, 2010 já estão abertas.

Os interessados em tentar uma bolsa para entrar na faculdade em 2010 poderão se inscrever até o dia 10 de Fevereiro.

Haverá ainda outra fase de seleção, para as vagas que não forem preenchidas nessa primeira etapa.

As inscrições para o Prouni deverão ser feitas no sistema seletivo Prouni.

Se você tem qualquer dúvida sobre o Prouni, consulte o Guia feito pelo ENEMEPROUNI.COM sobre o assunto.

6 de fevereiro de 2010

Candidatos do CE, MS, AP E AC estão tendo problemas.

Candidatos dos Unidades Federativas do Acre, Amapá, Ceará e Mato Grosso do Sul se queixam de problemas na inscrição do Prouni.

Os estados do AP, CE, MS e AC não estão conseguindo se inscrever porque as universidades desses 4 estados não aparecem no sistema do Prouni.

O Mec afima que os Estados apenas não aparecem na página de consulta PÚBLICA, mas que ao entrarem no sistema do Prouni, os alunos irão conseguir ver as universidades de sua região normalmente

Nota mínima Prouni: 400

Arquivado em: Dúvidas, Prouni, Prouni 2010 — Tags:, , — admin @ 17:22

Caso você queira participar do Prouni 2010 – Programa Universidade para Todos, deverá ter tirado mais de 400 em todas as 5 Competências do Enem.

As competências são:
Redação
Ciências da Natureza e suas Tecnologias
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
Ciências Humanas e suas Tecnologias
Matemática e suas Tecnologias

O participante do Prouni não poderá ter tirado nota inferior a 400 em nenhuma destas.

Dúvidas sobre o PROUNI?

O portal ENEMEPROUNI.COM respondeu á uma série de dúvidas sobre o Prouni – Programa Universidade Para Todos. Simplesmente indispensável para quem quer tentar o Prouni 2010, confiram:
Qual a diferença entre Sisu e Prouni?
Qual a diferença entre Enem e Prouni?
Já curso nível superior! Posso participar do Prouni?
Já faço faculdade particular, posso tentar o Prouni para conseguir uma bolsa e terminar ela?
Como funcionam a segunda e terceira fases do Prouni?
Quais documentos devem ser apresentados na convocação do Prouni?

Datas de Inscrições para a Primeira e Segunda Fase
Datas de Resultados
Número de Bolsas Oferecidas
Já participei do Sisu, posso tentar o Prouni agora?

Fonte: Enemeprouni.com

5 de fevereiro de 2010

Dúvida sobre o Prouni?

Arquivado em: Prouni — admin @ 12:32

O que é o ProUni?
É um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que oferece bolsas de estudos em instituições de educação superior privadas, em cursos de graduação e seqüenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.

O que é uma bolsa de estudo?
É um benefício concedido ao estudante, na forma de desconto parcial ou integral sobre os valores cobrados pelas instituições de ensino superior privadas.

Qual é a relação entre o ProUni e o ENEM?
Só pode se candidatar ao ProUni, o estudante que tiver participado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. Os resultados do ENEM são usados como critério para a distribuição das bolsas de estudos, isto é, as bolsas são distribuídas conforme as notas obtidas pelos estudantes no ENEM. Assim, os estudantes que alcançarem as melhores notas no exame terão maiores chances de escolher o curso e a instituição em que desejam estudar.

Basta fazer o ENEM para se candidatar a uma bolsa?
Não, é preciso que o estudante tenha renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos e satisfaça uma das condições abaixo:

• ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou
• ter cursado o ensino médio completo em escola privada com bolsa integral da instituição, ou
• ter cursado todo o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição, ou
• ser pessoa com deficiência, ou
• ser professor da rede pública de ensino básico, em efetivo exercício do magistério, integrando o quadro permanente da instituição e concorrendo a vagas em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Neste caso, a renda familiar por pessoa não é considerada.

Ressaltamos que é obrigatória a informação, no momento da inscrição, do número do ENEM e do CPF (Cadastro de Pessoa Física) do candidato.

É preciso fazer o vestibular para concorrer a uma bolsa do ProUni?
Não, o candidato à bolsa do ProUni não precisa fazer vestibular nem estar matriculado na instituição em que pretende se inscrever. Entretanto, é facultado às instituições participantes do Programa submeterem os candidatos pré-selecionados a um processo seletivo específico e isento de cobrança de taxa. Essa informação está disponível ao candidato, no momento da inscrição.

Como calcular a renda familiar por pessoa?
A renda familiar por pessoa é calculada somando-se a renda bruta dos componentes do grupo familiar e dividindo-se pelo número de pessoas que formam este grupo familiar. Se o resultado for até um salário mínimo e meio (R$ 622,50), o estudante poderá concorrer a uma bolsa integral. Se o resultado for maior que um salário mínimo e meio (R$ 622,50) e menor ou igual a três salários mínimos (R$ 1.245,00), o estudante poderá concorrer a uma bolsa parcial de 50% ou complementar de 25%. Entende-se como grupo familiar, além do próprio candidato, o conjunto de pessoas residindo na mesma moradia que o candidato que, cumulativamente, usufruam da renda bruta mensal familiar, e sejam relacionadas ao candidato pelos seguintes graus de parentesco: pai, padrasto, mãe, madrasta, cônjuge, companheiro(a), filho(a), enteado(a), irmão(ã),avô(ó).

O ProUni reserva cotas para afrodescendentes, indígenas e para as pessoas com deficiência?
Sim, o ProUni reserva bolsas às pessoas com deficiência e aos autodeclarados indígenas, pardos ou pretos. O percentual de bolsas destinadas aos cotistas é igual àquele de cidadãos pretos, pardos e indígenas, em cada Estado, segundo o último censo do IBGE. Vale lembrar que o candidato cotista também deve se enquadrar nos demais critérios de seleção do programa.

Quais são os tipos de bolsa oferecidos?
Bolsa integral: para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 622,50).

Bolsa parcial de 50%: para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos (R$ 1.245,00).

Bolsa complementar de 25%: para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos (R$ 1.245,00), destinadas exclusivamente a novos estudantes ingressantes.

O que são Bolsas Complementares de 25%?
As bolsas complementares de 25% são uma nova modalidade de bolsa de estudo, ofertadas pelas próprias instituições de ensino.
Destinam-se, exclusivamente, a estudantes ingressantes (“calouros”) que se enquadrem no mesmo perfil do ProUni. O processo de seleção é feito pelas notas do ENEM. Para se inscrever, basta selecionar, no momento de preencher a Ficha de Inscrição do ProUni, as bolsas complementares.

Para as bolsas complementares de 25%, o MEC assegurará o financiamento, pelo FIES, dos 75% restantes da mensalidade no caso dos cursos considerados prioritários (Medicina, Engenharias, Geologia, Licenciaturas em Física, Química, Matemática e Biologia e cursos do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia do MEC) e dos cursos com conceito ENADE igual a 4 ou 5. Para os demais cursos, o percentual do FIES é de 50%.

Para que o estudante beneficiário de bolsa complementar de 25% tenha assegurado o FIES é necessário que esteja matriculado em universidade e curso participantes desse Programa, que o estudante solicite o financiamento na página eletrônica http://www3.caixa.gov.br/fies, em período definido pelo MEC e cumpra as demais etapas de contratação junto à Caixa Econômica Federal. Caso o estudante não tenha fiador, poderá utilizar a Fiança Solidária.

E se o estudante contemplado com uma bolsa de 50% não puder pagar a outra metade da mensalidade?
Nesses casos, o MEC possibilita ao bolsista parcial de 50% utilizar o FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior para financiar os outros 50% da mensalidade. Para isso, é necessário que a instituição e o curso para a qual o candidato foi selecionado tenha firmado Termo de Adesão ao FIES. Para saber mais sobre o FIES, ligue 0800.726.0101. (mais…)

O Prouni

Arquivado em: Prouni — Tags:, , — admin @ 12:09

Prouni – Programa Universidade Para Todos: Você sabe o que é?

O PROGRAMA

O ProUni – Programa Universidade para Todos tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais a estudantes de cursos de graduação e seqüenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Criado pelo Governo Federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, em 13 de janeiro de 2005, ele oferece, em contrapartida, isenção de alguns tributos àquelas instituições de ensino que aderem ao Programa.

Dirigido aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda per capita familiar máxima de três salários mínimos, o ProUni conta com um sistema de seleção informatizado e impessoal, que confere transparência e segurança ao processo. Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio conjugando-se, desse modo, inclusão à qualidade e mérito dos estudantes com melhores desempenhos acadêmicos.

O ProUni oferece também ações conjuntas de incentivo à permanência dos estudantes nas instituições, como a Bolsa Permanência, o convênio de estágio MEC/CAIXA e o FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, que possibilita ao bolsista parcial financiar até 100% da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

O ProUni já atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do primeiro semestre de 2008, cerca de 385 mil estudantes, sendo 270 mil com bolsas integrais.
Desde 2007, o ProUni – e sua articulação com o FIES – é uma das ações integrantes do Plano de Desenvolvimento da Educação – PDE.

Assim, o Programa Universidade para Todos, somado à expansão das Universidades Federais e ao Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI, ampliam significativamente o número de vagas na educação superior, contribuindo para o cumprimento de uma das metas do Plano Nacional de Educação, que prevê a oferta de educação superior até 2011 para, pelo menos, 30% dos jovens de 18 a 24 anos.

Fonte: MEC

Confira mais sobre Prouni no Site ENEMEPROUNI.COM

Posts mais antigos »

Powered by WordPress